quarta-feira, 22 de julho de 2009

Deu Zebra




Deu zebra meu irmão...
Pensei enriquecer,
andar de avião,
fazer e desfazer,
punido então não ser,
poder pintar e bordar,
tal qual no Planalto se vê...

Tentei um jeitinho dá...
Bem na vida gozar,
casa de Jacarandá,
mulheres à me cercar,
na rede à assoviar,
viver de papo pro ar,
somente a cantarolar...

Eu quiz imitar os de lá...
Vejam só no que deu:
em mim o pau cantou,
a família entristeceu!
a minha mãe chorou,
triste quase morreu...
Veja a zebra que deu!

Com dinheiro, era Alfredinho,
liso... sou Alfredão,
antes andava de jatinho,
agora num quadradão!
Querendo imitar os homens,
pensando tudo poder...
Onde fui me meter?

No Planalto tem gigante,
no Planalto, tem artistas,
no Planalto tem doutores,
lá tem capa de revista,
não tem zebra não senhor...
E agora todo listrado,
estou num palco de horror.

EstherRogessi.Cordel:Deu Zebra.Categoria:Poética. Copyright.03/10/08

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...