quinta-feira, 22 de abril de 2010

PALÍNDROMO & TEORIA LITERÁRIA







Na terra do sal de pedra, a grama nasce verde!
Salinas não naturais, cultura de meus iguais...
AMA!
O vôo do pássaro levemente calca o chão,
Inclinando qual gavião a sua
ASA,
ASA A imaginação... AMA!
Ouço uma doce voz à repetir:
AMA...
São teus irmãos!
Na terra do sal de pedra, a grama nasce verde.
Há esperança...
AMARGA GRAMA!
Avião...
Aviador, não
ERRE!
ERRO COMUM QUE ORA OCORRE.
No dedo trago um ARO...
ORO!
Imploro!
No alto da torre
LUZ AZUL...
O vai e vem, vou e volto:
Palíndromo!
Comissário de voo, anúncio rápido...
O BREVE VERBO: A SUA PAUSA.
Invade-me
A DOR... RODA,
O RUDE E DURO
Chão...
Salvador!
Na terra do sal de pedra a grama nasce verde!

EstherRogessi.


Nota: HÁ PALAVRAS IMPLAGIÁVEIS: PALÍNDROMOS. “Opalíndromo é uma palavra, frase ou qualquer outra sequência de unidades (como uma cadeia de ADN) que tenha a propriedade de poder ser lida tanto da direita para a esquerda como da esquerda para a direita. Num palíndromo, normalmente são desconsiderados os sinais ortográficos (diacríticos ou de pontuação), assim como os espaços entre palavras”. Também conhecido pelos nomes de Verso Anacíclico
e
 Verso Sotádico.


São exemplos de palíndromos as palavras: anilina, Ana, ovo, reger, osso, anona, socos, sopapos, Omar, Roma, marram, matam, ralar, ataca, acata, ramo,amor, Raul,luar, aia, rasar, rapar, radar...

Há frases inteiras que se constituem palíndromos.
Quanto maior a frase mais difícil é a sua elaboração.
Abaixo, alguns palíndromos feitos com frases:

a - ). A Rita atira.

b - ) Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos.

c - ) Anotaram a data da maratona.

d - ) Assim a aia ia a missa.

e - ) A diva em Argel alegra-me a vida.

f - ) A droga da gorda.

g - ) A mala nada na lama.

h - ) A torre da derrota.

i - ) Luza ama azul.

j - ) O céu sueco.

l - ) O galo ama o lago.

M- ) O lobo ama o bolo.

N - ) O romano acata amores a damas amadas e Roma ataca o namoro.

O - ) Rir, o breve verbo rir.

P - ) Saíram o tio e oito marias.

Q - ) Zé de Lima, rua Laura mil e dez.

R - ) Luza rocelina, a namorada do Manuel, leu na moda da romana: anil é cor azul.

S - ) Até Reagan sibarita tira bisnaga ereta (Chico Buarque).

T - ) A cera causa a sua careca
 - registro de um anônimo -


TEMOS A SEGUIR UM  EXEMPLO DE PALÍNDROMO ESTRUTURADO COM FRASES NO POEMA DE AUTORIA DE EstherRogessi..




CARANGUEJOS CARAMUJOS

Sonhos... Fantasias,
Ficção ou utopia.
Caramujos, caranguejos...
Abundante lama vejo!
Saíram o tio e oito Marias...
O tio que tio não era...
Da lama... Buscando alegria!
Ao endereço:
 Zé de Lima, rua Laura mil e dez.
Esquecendo de lavar a lama – crosta – em seus pés!
Enfraquecidos, exauridos...
Assim mesmo,
 rir, o breve verbo rir,
Ao vento espalha o eco...
Beleza infinda,
 o céu sueco!
Do mangue, do Recife, saem...
Do desconforto, falta de cama, em busca da sonhada fama.
A mala nada na lama...
Nove vidas do submundo... Da plebe, beira do cais...
Vivendo o grande sonho, que não pensaram viver jamais!
Turismo Internacional... Notícia de jornais!
Incongruência, contradição, opostos que se atraem...
Caramujos, caranguejos, que do nordeste saem.
Tornam-se astro e estrelas nas páginas dos jornais.
O lobo ama o bolo;
O galo ama o lago...
 Tudo isso eu escrevo,
E um alto preço pago!...
Procuro notícias deles, e dentre eles sou dama...
Faz tempo que de Recife saí...
Anotaram a data da maratona?
Nada quero perder, uso até mesmo binóculos.
Descuidei-me!
 Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos!

EstherRogessi.


EstherRogessi.Palíndromo & Teoria Literária. Categoria: Poética & Narrativa. Fonte: Wikipédia & Scraps do Google.23/07/09

EstherRogessi,Escritora UBE, Mat.3963.

Creative Commons License





Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito, perdeu o efeito; quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários... estherrogessi@ube.org.br
EstherRogessi
.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...