segunda-feira, 15 de novembro de 2010

D'encontro ao inatingível


Hoje, vivi uma emoção diferente.
Amanheci ouvindo um noticiário policial, assunto em manchete de jornal:

HOMEM COMETE HOMICÍDIO DENTRO DO PRESÍDIO!

O elemento em entrevista, falar frio, linguagem coloquial,
respondia aos questionamentos do homem do jornal:
– Eu estava encarcerado em regime fechado há três anos.
Faltava apenas um ano, para a minha liberdade!
– A que você atribui o fato de praticar mais esse crime?
– A bondade de Deus!
– Como assim, de que forma?
– Eu tenho muitos inimigos lá fora... sair agora, seria morte certa!
– Achas que Deus te conduziu a matar? A tirar a vida mesmo que, de um facínora?
– Eu só sei dizer que Ele me ama! Mesmo eu estando nessa vida, cara!
Matei sim! Era ele ou eu... Ele foi pago pra me matar lá dentro, sacou?
– E, aí... Deus fez você matar?
– Olha aqui,o senhor pode ter formatura e falar bonito mas, tem uma formatura que o senhor não tem, eu tenho!
Eu...escória, condenado, fudido!
– Calmaa!
Que formatura é essa que você diz ter e eu não?
– Conhecimento de Deus, cara!
Ele dá vida e Ele tira a vida;
Ele fere e cura;
sobe o homem e faz despencar!
Do alto... do céu!
Como fez com Lúcifer, assim... queira o homem
ser maior do que Ele!

– A nossa reportagem, termina aqui. À todos um bom feriado!

Minha garganta apertou.
Que estranhos caminhos o homem pode trilhar,
para alcançar o Inatingível!

A nossa vida pode ser um lençol de linho puro,
onde a agulha de Deus entra e sai num bordado de fios d’ouro,
ou, uma estopa encardida bordada em ponto-cruz!
Um estará adornando palácios e outro à porta de um casebre,
para limpeza dos pés!
Ambos são necessários!


EstherRogessi.Escritora UBE.Mat.3963 Prosa Poética: D’encontro ao Inatingível! 15/11/10.



Creative Commons License
This obra by Attribute work to name is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License

EstherRogessi.Prosa Poética: Cem Por Cento Original.11/11/10

“UM HOMEM SEM RELIGIÃO É COMO QUE UM BARCO SEM LEME.”
(Mahatma Gandhi)

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...