segunda-feira, 29 de junho de 2009

MESA NO DESERTO






MESA NO DESERTO


A MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES ( Mt 14: 13:21)




E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos , e estes, a multidão, e comeram todos, e saciaram-se; e levantaram dos pedaços que sobejaram, doze alcofas cheias. E os que comeram foram quase cinco mil homens, além das mulheres e crianças.




MILAGRE É O SOBRENATURAL DE DEUS ACORDANDO COM O NATURAL HUMANO




Devemos saber discernir o que é milagre e a forma pela qual Deus operou. Para que professemos uma fé consciente e não desvairada, inconseqüente, e fanática. Temos que ter consciência de que o sobrenatural de Deus, quase sempre é operante de acordo com o natural humano. Na maioria das vezes falta a visão correta, o verdadeiro discernimento das Escrituras sobre questionamentos que como disse o Espírito Santo através do apóstolo São Paulo (IIPe 3.16) há pontos difíceis de serem entendidos: “Falando disto como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de se entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras Escrituras, para a sua própria perdição”.


Costumamos ver o sobrenatural de Deus em coisas e em fatos, que em verdade, estão relatados de forma metafórica, em parábolas, e ainda: em um “linguajar peculiar da época, localidade e cultura de um povo”. Isto, porque, servimos ao Deus único e verdadeiro, que ressuscita mortos, abre os olhos aos cegos, cura enfermidades, que ao homem é impossível fazê-lo, dá voz ao mudo e faz o coxo andar. Muda completamente a natureza humana, pois, diz as Escrituras Sagradas, que Ele tem o coração do rei nas mãos e o inclina para o lado que Ele quer. Há isto podemos dizer: sobrenatural divino. Ele faz!.


NO TEXTO ÁCIMA REFERIDO, TEMOS UM EXEMPLO GRANDIOSO, DO SOBRENATURAL DE DEUS OPERANDO NO NATURAL HUMANO.


A multidão estava cansada e faminta. Faminta de Deus – O Pão Da Vida – alimento sobrenatural, espiritual; tanto quanto do pão substancial “alimento para o corpo”. Sabemos que por mais que o homem seja desprovido, jamais faz uma longa jornada sem que traga consigo, o mínimo de alimentos segundo às suas possibilidades momentâneas. Creio que cada um dos que ali estavam ansiando ouvir o Mestre, depois de uma longa jornada, sol à pino, trazia em sua mochila, alguma provisão em víveres. Mesmo que um pedaço de pão seco ou peixe. Porém, a natureza do homem mesquinho e falho – pois, é através da Palavra, que mudanças acontecem, e eles estavam ansiosos por conhecê-la –, não estavam segundo a visão cristocêntrica: o partilhar em comunhão uns com os outros, temiam colocar à mostra os seus alimentos... A multidão era grande! Acaso, não é assim, ainda hoje, entre os que têm a natureza mesquinha? O Senhor Jesus na sua onisciência, discernindo o que se passava nos corações, nas mentes de tantos quantos ali estavam, sabiamente para não os constranger, levantou as mãos ao céu e orou apresentando à Deus Pai os “cinco pães e os dois peixinhos” (para alimentar toda a multidão), os vejo( pela fé) envergonhados a retirar de suas mochilas, pães, peixes e muito mais, segundo às suas próprias possibilidades!... “O POUCO COM DEUS, É MUITO”. Quando nas nossas igrejas há alguma festividade e cada um se encarrega de levar algo, ficamos admirados com o que se pode fazer através da comunhão, do espírito doador, do compartilhar. É GRANDE O BANQUETE! SOBEJA! E costumamos dizer:Deus fez milagre! Proveu uma mesa no deserto!


ASSIM SENDO, AMADOS, APRENDAMOS A EXERCER UMA FÉ CONSCIENTE, A SABERMOS DISCERNIR O NATURAL DO SOBRENATURAL, SABENDO QUE, ATÉ MESMO NA LÁGRIMA QUE CAI, ESTÁ O MILAGRE SOBRENATURAL DE DEUS OPERANTE ATRAVÉS DO NATURAL HUMANO!




EstherRogessi.Mensagem de Vida:Mesa No Deserto.Categoria:Narrativa.
Imagem:EstherRogessi.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...