quinta-feira, 6 de agosto de 2009

QUANDO O PLANETA DEIXAR DE SER AZUL...

Oh! Triste ruído,
agonia lenta...
Belo cenário destruído.
Em protesto o chão...treme!
Morte iminente,
lá longe, o gemido
da elétrica serra...
Meu sofrer é mudo
a cada queda...
O homem perde,
Pensando ganho ter...
Se os meus algozes,
não empunham a serra,
é o machado que me faz sofrer...
A cada golpe desferido,
o caule amigo jaz no chão.
Sou teu pulmão, insano ser,
Para que tenhas vida... deixe-me viver!
O planeta é azul... Oxigênio é vida...
Em nome do progresso,
da ganância...maldita!
Matas o planeta para no luxo viver.
Luxuoso mausoléu será a terra então,
Árida, avermelhada...
Onde está o planeta azul?


Esther”Rogessi”.Verso Livre: QUANDO O PLANETA DEIXAR DE SER AZUL...Categoria: Poético.22/05/09.Copyright

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...