domingo, 10 de julho de 2011

DEPOIMENTO



Religião é um tema - para mim, indiscutível. Escrevo sobre o assunto, segundo a minha fé - que não me foi imposta por homens, eu a encontrei segundo experiências próprias e profundas com o Senhor Jesus. Eu, que nasci e vivi até a idade adulta – e bem adulta–, o catolicismo, imposto por minha família, mesclado com o espiritismo que, eu admirava por seu misticismo - algo existia muito forte em mim, na minha ignorância – pois, não conhecia a Deus como deveria e, sim, de ouvir falar – desconhecia principalmente o fato de que, a origem de tudo quanto eu admirava - o místico - estava e está no Poder do Espírito Santo de Deus que é manifesto aos que LHE amam e buscam em sinceridade e consciência sem que, venha dividi-Lo com outrem - Deus não dá a Sua honra e glória a ninguém. O fato é que me encontrei e quem se encontra é fiel - não busca outros caminhos; outras respostas. Procura crescer e fazer crescer dentro de sua fé a si e a outros de boa vontade.
"(...) Não por força nem por violência, assim diz o Senhor dos exércitos mas pelo meu Espírito
( Zc 4.6 / Bíblia Sagrada)

CONSCIENTIZAÇÃO

Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito perdeu o efeito; quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários(EstherRogessi).

Quanto ao místico que eu admirava, em outra religião, fez-me Deus abundar em graça – constituiu-me profeta (?), conhecedora dos dons do Espírito Santo - sou pentecostal.
Como profeta de Deus; líder religiosa de um Ministério Pentecostal, ouvindo a voz do meu Senhor que me guia em sabedoria, amor e justiça. Jamais direi crer na Bíblia em parte. Creio totalmente, de Gênesis a Apocalipse, senão não a teria como lâmpada para os meus pés.

Os nossos Pais Apostólicos e os Apóstolos do Cordeiro - os 12 comissionados que, conviveram diariamente com o Senhor - escreveram do que presenciaram e do que receberam Dele, após a Sua ressurreição - espiritualmente falando -. Foram homens íntegros e tementes a Deus; compromissados com a VERDADE e não com as próprias verdades.
Concordo, porém, com o fato de que, houve engano quanto ao discernimento textual por parte dos apóstolos do Cordeiro em uma e/ou outra passagem dos Evangelhos – isso, devido ao fato, de serem eles discípulos, alunos do Mestre. O Mestre, porém, é tão maravilhoso que, jamais ocultou as falhas do seu povo, e isso, para exemplificar às gerações futuras. Exemplo perpétuo de que o homem é simplesmente criação Sua, Ele é Deus que, por Sua misericórdia dota ao homem da dádiva de receber do Seu Espírito inspiração para falar e escrever para a Sua Igreja - através dos dons do Espírito.
A Bíblia Sagrada está ao alcance de todos, porém, o discernimento de suas parábolas, falar metafórico, e, verdades espirituais, independe de diplomas terrenos... São discernidos pelo Espírito. Entendi isso, após a minha conversão e comunhão com Deus. Hoje, não me compraz ler uma Bíblia editada em linguagem simplificada, modificada. Prefiro a versão original, pois, o Espírito discerne todas as coisas e por nenhuma delas é discernido.

Antes, porém, de conhecê-Lo como hoje, por Sua misericórdia e graça, O tenho conhecido, quando eu tentava ler uma Bíblia que, os meus pais católicos tinham recebido, de presente de amigos evangélicos, eu me exasperava, na minha ignorância dizia: "Como pode uma Bíblia ser editada em uma linguagem que não se entenda...?"

Durante os anos em que escrevo, e, posto nos sites nos quais, me hospedo, raramente manifesto o meu lado religioso. Tenho aprendido a exercer os meus papéis a tempo e fora dele. Tenho uma vida eclesiástica que não a troco por ouro algum, e, nem fama alguma. Se o meu Deus me ordenar parar de escrever e poetizar, agora, o farei! Escrevo e poetizo para a honra e glória Dele – não sou fanática -, tanto quanto, lidero o Seu povo e busco não me corromper. Antes, prefiro que Ele me tire a vida. ELE É MINHA SUFICIÊNCIA e tem me colocado em lugares altos, para que, eu saiba que Ele coloca mendigos em tronos e abate reis – A Ele a glória.

Faço o meu trabalho sem buscar evidências, apenas escrevo em liberdade de espírito. Respeitando a todos e buscando aprender a cada dia, principalmente amar.

Muita paz a todos

EstherRogessi. Escritora UBE. Mat.3963. Depoimento. 10/07/11

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...