sábado, 15 de maio de 2010

EU A LUA & A FAZENDA


O senhor Zé Quincas, era nosso vizinho, na cidade onde morávamos.
Homem de uma ótima situação financeira. Não lembro bem o motivo, pelo qual, ele nos emprestou a sua fazenda... Só sei, que foi um tempo muitíssimo bom, desses que guardamos para sempre! Ficamos na casa grande, com todas as regalias.
Lembro de cada detalhe: do piso de tijolos antigos; do ar puro, da imensa e singela pastagem... Que tapete, que cor!
Corríamos, soltos a brincar, até a exaustão... Subíamos nos pés de frutas e lá em cima, fazíamos a festa. Quantos risos... Quando chegava a noite caíamos duros de sono. Acordávamos cedinho, com o caneco de ágata as mãos, descíamos até o curral, onde o senhor José, sentado em um caixote, ordenhava a vaca mimosa. Às tetas da mimosa, cheias de leite, enchiam os nossos canecos, bebíamos leite até não mais querer... Que coisa boa!
Não havia luz elétrica... A lua se fazia dona de toda a atenção.
Na minha inocência, eu olhava para o alto e andava, andava, pensando estar sendo seguida por ela... Parava, e ela também, andava...idem.
De cabeça para o alto, ora, em caminho reto, ora, esbarrando nas estacas do caminho... Lá íamos nós! Eu não sabia ao certo, se era eu a segui-la ou ela a me seguir...
Outras vezes, como se fosse possível, eu corria da minha própria sombra. Quanta inocência!
A luz da lua me proporcionava momentos inesquecíveis!
Os meus amiguinhos se sentavam nos degraus da casa grande e brincávamos de passar o anel; de boca de forno; brincadeira de roda. Ah! Que saudade!
Lembro, de que, certa vez... mamãe nos deixou dormir um pouco mais tarde, tínhamos visitas em casa. E os três filhos da D. Alzira – os visitantes –, estavam conosco, participando das brincadeiras no pasto, a luz da lua. Os varais estavam com roupas, os lençóis branquinhos, que ao luar, pareciam está com anil; as toalhas que, o vento agitava com vigor.
A criança mais velha, contava seus quatorze anos de idade... sabido e muito peralta. Começou a contar estórias de fantasmas. Nós ficamos atentos, sem bater as pestanas, de boca aberta... Todo ruído era motivo de gritos e tremores, enquanto que o narrador mirim... Chorava de rir da nossa inocência. De repente, em meio à escuridão, ouvimos um mugido forte, e um barulho de cascos de boi em disparada... O garoto estava a contar a estória da “Mula sem cabeça”... Imaginem! Até ele parou! De longe, avistamos um vulto enorme, todo de branco a correr para lá e para cá... Entrando em meio as canas e saindo velozmente em disparada...
Toda a coragem do narrador caiu por terra!
– Mãae!
Ele gritou apavorado!
Às crianças estavam pasmas... O medo foi tão grande, que nos calou. Com as bocas abertas, tanto quanto, os nossos olhos... Parecíamos hipnotizados!
Grande foi a correria dos nossos pais, a perguntarem em uma só voz: – O que foi? O que está acontecendo?
O medo era tamanho, que só conseguíamos apontar para o canavial.
Os homens da casa correram... Foram caçar o fantasma de quatro pernas: “A mula sem cabeça”...
Depois de um bom tempo, lá vem eles, cansados, suados, a sorrir... Foi a mimosa que arrancou o lençol do varal e saiu em agonia, por não poder enxergar...
Todos começaram a rir ao mesmo tempo... Menos nós!
O narrador das estórias fantasmagóricas... Ficou envergonhado. Não quis mais contar nenhuma...

EstherRogessi.Conto cotidiano:EU A LUA & A FAZENDA, Categoria: Narrativa

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Baronesa da Gothia Rogessi de A. Mendes (EstherRogessi). Pernambucana, outorgada com Título Nobiliárquico - Alta Insígnia BARONESA DA GOTHIA da Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos de Oriente, DAMA COMENDADORA da Real Ordem dos Cavaleiros e Damas Rei Ramiro de Leão. Comendadora pelo CONINTER ARTES.. Escritora UBE/SP; Embaixadora da Paz (FEBACLA); Artista plástica, Membro Correspondente de várias Academias de Letras e Artes Nacionais e Internacionais. Consulesa e Comendadora. Tem escritos publicados em Antologias e Revistas Virtuais, no Brasil e exterior. Publicou o seu primeiro livro solo, pela Editora Literarte intitulado "Conflitos de uma alma" Romance ISBN 978-8-5835200-8-5 EstherRogessi recebeu várias premiações nacionais e internacionais.

Tesouros Escondidos...